santinho Ju 2017

Oi pessoal, depois de praticamente dois anos e meio sem escrever no Blog, volto para contar um pouco do que venho fazendo no Conselho da SEP.

O meu foco nesses quatro anos no conselho do clube foi fiscalizar o nosso maior ativo, o Allianz Parque.

Como estamos em estado arbitral, por precaução evitei publicar notícias por aqui, isso foi inclusive um pedido dos advogados tanto da SEP como do Pinheiro Neto, pois poderia atrapalhar a arbitragem, mas como nesse tópico não vou tratar de outros assuntos, não vejo problema em publicar algumas informações.

Enfim… Fui diretor adjunto do Departamento de Arena no primeiro biênio da gestão Paulo Nobre e diretor titular até 10 de setembro de 2015. Minha saída da gestão foi em razão de ter um pensamento completamente diferente do presidente em relação ao departamento, porém mesmo fora da diretoria mas como conselheiro, continuei dando auxílio completo à arbitragem nas principais questões relacionadas a operação da Arena e demais assuntos, trabalhando em conjunto com a diretoria jurídica da SEP, demais diretores do Departamento de Arena, escritório Pinheiro Neto e o maior especialista em Arenas padrão FIFA no Brasil e reconhecido internacionalmente, Carlos de La Corte.

Como vocês podem ver, venho estudando sobre o assunto desde 2007 (o blog começou em 2008) primeiramente aprendendo através de sites e revistas especializadas como a http://www.stadia-magazine.com onde pude aprender muito como funciona esse mercado tão específico e complexo que é o mundo das arenas multi-uso.

Participei em 2013, 2014 e 2015 do Stadium Business Summit, https://www.xperiology.com , o Congresso mais importante do mundo relacionado a estádios e arenas. (detalhe importante, todos os custos foram pagos por minha conta própria e sem um centavo da SEP)

No dia 11 de fevereiro teremos mais uma eleição para o conselho e venho pedir humildemente seu voto, para que eu possa:

  • Continuar fiscalizando o Allianz Parque e propor soluções para a saída da “WTorre” do empreendimento.
  • Fiscalizar o Departamento de Arena para que este tenha uma estrutura profissional sem vínculo algum com o Clube Social da SEP.
  • Apresentar à nova diretoria executiva, um projeto bem estruturado e viável para que a SEP adquira da WTorre os direitos de exploração em conjunto com uma empresa da área de gerenciamento de arenas multi-uso .
  • Fiscalizar e exigir término da construção do Allianz Parque em sua totalidade (estima-se que falte ainda em torno de R$ 150 milhões. Nesses valores estão incluidos, Museu, Cozinha Central e etc…)
  • Alimentar o Departamento de Arena com as últimas novidades do mercado de arenas multi-uso, principalmente na parte de experiência do torcedor e tecnologia.
  • Auxiliar na implantação do “Stehplatz” ou também conhecido como “Safe Standing” (http://www.fsf.org.uk/campaigns/safe-standing/) local onde as cadeiras são retiradas nos jogos de futebol e podem ser recolocadas para shows, que no nosso caso seria no Gol Norte do Allianz Parque. Com essa alteração a capacidade do Allianz Parque pode ultrapassar 50 mil pessoas! :)

Falando um pouco além da Arena, também vou continuar brigando pela reforma estatutária que não saiu na gestão passada e espero que saia nesta próxima. Outros pontos importantes que não posso deixar de destacar são:

  • Sou a favor do voto do Sócio AVANTI (Sócio Torcedor)
  • Da divisão do Clube Social do Departamento de Futebol; hoje a parte social da SEP dá um prejuízo de R$ 12 milhões por ano para a SEP
  • Da diminuição do tempo para poder se candidatar ao conselho e também do sócio para votar para presidente.