setembro
28

A Venda da AEG

por La Nostra Casa

Os jornais e portais americanos divulgaram na semana passada a possível venda da AEG que é nossa parceira em conjunto com a WTorre na Nova Arena.

Recebi alguns emails e telefonemas de amigos palmeirenses preocupados com a situação da empresa e percebendo o desespero do pessoal, resolvi correr atrás de informações e vou postar o que eu entendo que realmente está acontecendo.

O bilionário Philip Anschutz é proprietário de diversas empresas de segmentos diferentes e inclusive da AEG. Realmente o anúncio da venda do monstro do entretenimento teve grande repercussão, principalmente na cidade de Los Angeles onde se concentram os principais negócios da AEG, sem contar que um dos projetos mais importantes que está em andamento é a construção do estádio de futebol americano e consequentemente a volta da NFL para Los Angeles. A informação que obtive é que em razão de problemas com outras empresas de Philip Anschutz, ele terá que se desfazer da cobiçada AEG (avaliada em 7 bilhões de dólares) para fazer caixa. Falando em português claro, o problema não é com a AEG propriamente dita e sim com outras empresas que não tem relação nenhuma com a AEG.

Quem será o novo proprietário da AEG?

Diversos grupos bilionários já estão brigando para ver quem vai ficar com a nossa parceira, De acordo com as últimas informações da agência Reuters vindas de LA, Patrick Soon-Shiong e o Guggenheim Partners se uniram para fazerem uma proposta para adquirir a AEG. Claro que a lista de interessados pela empresa é extensa, mas parece que as chances deles serem os novos donos da AEG são boas.

O que pode mudar no contrato entre a AEG e a WTorre com o novo proprietário?

Alguns falam que todos os contratos serão revistos e que não é uma situação alarmante para nós, falo isso porque a industria do entretenimento está muito focada em expandir os seus negócios nos chamados países do BRIC; a AEG já está fazendo isso há um tempo e inclusive fechou contratos com diversas arenas no Brasil (Nova Arena, Recife e Arena da Baixada), na Russia ela já tem contrato fechado com o belíssima Arena do Dynamo de Moscow e na China a Mercedez -Benz Arena em Shangai. O meu ponto de vista é que dificilmente o novo proprietário vai fatiar a empresa e perder a chance de explorar esse novo mercado em países emergentes. Provavelmente para manter os contratos de gestão de arenas que fazem parte da AEG Facilities eles deverão manter a AEG Live, que é a responsável pelos shows realizados nas arenas onde o grupo faz a gestão.

Outro detalhe importante é que os times que são de propriedade da AEG, como o L.A. Kings, L.A. Galaxy e outros, precisam de uma boa arena para jogar e é aí que se encaixa o quebra cabeças! Por isso que eu aposto que os novos proprietários devem manter a atual filosofia da empresa e continuar utilizando essa forma vencedora de gerir a arena, ter a sua equipe de basquete, futebol e etc… para trazer torcedores para o local e quando o espaço estiver livre, usar a arena para shows e eventos. Perceberam que tudo se encaixa e no final todos saem ganhando?

Então agora é aguardarmos os próximos passos das negociações e quem sabe daqui a alguns meses nossa parceira esteja mais forte ainda! :)

Texto publicado originalmente no site da Chapa Academia

setembro
13

setembro
9

setembro
8

Recordar é viver!

por La Nostra Casa

Pessoal, segue a lista abaixo dos vereadores que votaram a favor do Itaquerão e os malandros que se abstiveram. Apenas dois palmeirenses votaram contra o projeto, o resto apoiou essa palhaçada com nosso dinheiro!

Sim
Adolfo Quintas (PSDB) <- Palmeirense
Agnaldo Timóteo (PR)
Alfredinho (PT)
Anibal de Freitas (PSDB)
Atílio Francisco (PRB)
Claudinho (PSDB)
Claudio Prado (PDT)
Dalton Silvano (sem partido)
Domingos Dissei (DEM) <- Palmeirense
Edir Sales (DEM)
Eliseu Gabriel (PSB)
Francisco Chagas (PT)
Gilson Barreto (PSDB)
Goulart (PMDB)
Ítalo Cardoso (PT)
Jamil Murad (PCdoB)
José Américo (PT)
José Police Neto (sem partido)
José Rolim (PSDB)
Juliana Cardoso (PT)
Juscelino Gadelha (sem partido)
Marta Costa (DEM)
Milton Leite (DEM)
Natalini (sem partido)
Netinho de Paula (PCdoB)
Noemi Nonato (PSB)
Paulo Frange (PTB)
Quito Formiga (PR)
Ricardo Teixeira (sem partido)
Roberto Tripoli (PV) <- Palmeirense
Salomão (PSDB)
Senival Moura (PT) <- Palmeirense
Souza Santos (sem partido)
Toninho Paiva (PR)
Ushitaro Kamia (DEM)
Wadih Mutran (PP)

Não
Adilson Amadeu (PTB)
Arselino Tatto (PT)
Attila Russomanno (PP)
Aurelio Miguel (PR)
Aurélio Nomura (PV)
Carlos Neder (PT)
Chico Macena (PT)
Claudio Fonseca (PPS)
José Ferreira, o Zelão (PT) <- Palmeirense
Marco Aurélio Cunha (DEM)
Sandra Tadeu (DEM) <- Palmeirense
Tião Farias (PSDB)

Abstenções
Abou Anni (PV) <- Palmeirense
Antonio Carlos Rodrigues (PR) <- Palmeirense
Donato (PT) <- Palmeirense

Não votaram
Carlos Apolinário (DEM) <- Palmeirense
Celso Jatene (PTB)
David Soares (PSC)
Milton Ferreira (PPS)

Fonte: Terra e Jornal Agora (os vereadores palmeirenses)