novembro
26

Palestra Itália em 3D!

por La Nostra Casa

Tinha visto na comunidade do Palmeiras no Orkut um post do Deninho, em que ele com professores e colegas de curso fizeram esse interessante trabalho em 3D.

novembro
24

Nesse post eu gostaria de debater sobre o que você palmeirense acha mais importante na hora de ir ao estádio.

Estamos acostumados a freqüentar estádios que não tem o mínimo necessário de conforto para que o torcedor possa passar algumas horas sem ter a sensação de ter participado de uma maratona!

Existem na minha visão alguns pontos que são cruciais para eu dar nota 10 para um estádio de futebol:

1 – O ponto fundamental em uma arena moderna no meu ponto de vista é a visibilidade do espectador. O ângulo da arquibancada tem que ser o mais inclinado possível e muito próximo do gramado. A distancia da primeira fileira até o campo de jogo deve ser de nove à treze metros. Dessa forma o torcedor tem a vantagem de conseguir estar próximo dos jogadores e com um excelente ângulo de visão.

2 – Como estou muito acostumado a usar a internet para fazer compras e etc, eu prefiro comprar ingressos também via web, dessa forma eu não corro o risco de ficar em uma fila gigantesca durante horas!

3 – A localização é fundamental também… Não adianta fazer uma mega arena e você demorar 3 horas para conseguir chegar nela! Em uma cidade como SP é muito importante
o estádio estar em uma região centralizada como o Pacaembu e o Palestra Itália, onde é possível chegar através de carro, ônibus e metrô dentro de um tempo razoável, mesmo com um trânsito intenso.

4 – Grandes estacionamentos ao lado da arena são essenciais para mim, não dá para correr o risco de deixar o seu carro na mão de um “flanelinha” ou também pagar R$ 30,00 ou R$ 40,00 para estacionar em um terreno baldio!

Esses são os quatro principais pontos que são fundamentais para conseguir assistir com tranqüilidade um bom jogo de futebol!

Quais são os de vocês?

novembro
9

Naming Rights

por La Nostra Casa

Andei meio sumido de postar aqui no blog por estar muito concentrado nos jogos do Palmeiras nessa reta final de campeonato! Estou tentando me recuperar do assalto de ontem no Maracanã como o resto da nossa torcida…

Hoje vou abordar um tema bastante polêmico no projeto da Arena Palestra Itália que é a “venda” do nome do nosso estádio para uma grande empresa.

Essa é uma maneira de captar $$ para o clube que é muito popular tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. No mundo do futebol, os países que mais se destacam utilizando essa inteligente fórmula são a Inglaterra e a Alemanha.

Um caso muito bem sucedido de “Naming Rights” é o do Allianz Arena que hoje é um símbolo da cidade de Munique e uma Arena conhecida no mundo todo depois de abrir a Copa de 2006.

Você deve estar se perguntando quanto um clube europeu está recebendo em $$ para ceder esse espaço para uma empresa.

Um bom exemplo de um caso de sucesso é o Emirates Stadium do Arsenal, em que o clube inglês recebeu 100 milhões de Euros por um contrato de 10 anos com a companhia aérea Árabe. Um negócio fantástico tanto para o clube quanto para a empresa.

Outro clube que está tentando superar esse valor e aproveitar para aumentar o seu faturamento é Chelsea que está tentando captar 165 milhões de euros por um contrato de 15 anos.

Essa fórmula de patrocínio ainda pouco utilizada no Brasil, que teve apenas o Atlético PR utilizando esse método em sua Arena há alguns anos atrás, será a principal propriedade publicitária da Arena Palestra Itália.

Estamos falando de valores girando em torno de 150 milhões de reais por um contrato de 10 anos! O que será um divisor de águas no mercado de propaganda esportiva brasileira e ajudando muito o Palmeiras a ter uma receita extra que poderá ser investida totalmente no time de futebol.

Clique aqui para ir ao site português Futebol Finance que aborda mais o assunto!

Mudando um pouco de assunto, o andamento da parte burocrática da Arena Palestra Itália está chegando ao seu final e faltam pequenos detalhes para termos o alvará definitivo!